Dicas de como aumentar a lucratividade da sua empresa

Está à procura de dicas de como aumentar a lucratividade da sua empresa? Então você chegou ao lugar certo.

Entendemos que criar estratégias e elaborar medidas de crescimento financeiro são uma das principais tarefas de um bom empreendedor.

Por isso mesmo, esse tipo de ação deve ser feita baseada em dados verdadeiros e com muito planejamento.

No conteúdo de hoje vamos explicar o que é lucratividade de uma empresa e como calculá-la.

Além disso, daremos algumas dicas de como aumentar os lucros do seu negócio. Fique conosco e saiba tudo!

O que é a lucratividade de uma empresa?


A lucratividade ou lucro de uma empresa é a quantia faturada em um período subtraindo as despesas e custos envolvidos nas vendas.

Ou seja, considerando que o faturamento é o número de vendas – em dinheiro – de um determinado dia, mês ou ano, a lucratividade vem a ser o que sobrou do valor conseguido, excluindo todos os custos para saída dos produtos.

Assim, despesas como energia elétrica, marketing, salários etc., devem ser levadas em conta no cálculo da lucratividade.

Logo, o faturamento é tudo que foi comercializado, ao passo que o lucro é total líquido que sobra, após os gastos serem descontados.

Como calcular a lucratividade da sua empresa?


Existem duas maneiras de calcular a lucratividade da sua empresa. Confira:

Lucro bruto

O lucro bruto, ou como é conhecido, ‘lucro de vendas’, é uma forma de calcular a lucratividade da empresa a partir do valor obtido após os descontos com custos variáveis.

Os custos variáveis são os gastos gerados com a produção de peças, oferta de um serviço ou qualquer outra despesa produtiva.

Dito isso, digamos que uma doceria vende um bolo por R$40,00, sendo que os gastos na produção são de R$25,00.

Ou seja, a cada bolo vendido, o lucro bruto é de R$15,00 por unidade.

Lucro líquido

Por outro lado, o lucro líquido considera, além dos custos variáveis, as despesas fixas, aquelas que são rotina todo mês, como contas de água, aluguel e impostos, por exemplo.

Com isso, a lucratividade da sua empresa pode ser calculada pelo lucro líquido quando se considera o rendimento total menos os custos totais do período em questão.

Como exemplo, vamos usar a mesma doceria, supondo que ela faturou em um mês, R$7 mil com a venda de uma linha de bolos.

A mesma também gastou R$2500,00 com custos variáveis e ainda arcou com R$2.000,oo de despesas fixas.

Portanto, fazendo a conta, essa empresa de doces teve um lucro líquido de R$2500,00 com esse produto.

Dicas de como aumentar a lucratividade da empresa


Agora que você já está por dentro da definição da lucratividade em uma empresa bem como as formas de calculá-la, aproveite para conhecer algumas dicas que podem ajudar a aumentar os lucros do seu empreendimento.

1. Aumentar a carteira de clientes

Quanto mais clientes a empresa tiver, maior a chance dela aumentar os lucros. Por isso, essa é uma técnica tão eficaz no crescimento de receitas.

Para isso, você precisa entender qual é o perfil dos clientes do seu negócio, descobrindo quais são suas necessidades e assim, lançar produtos e serviços que resolvam essas necessidades.

Se na sua região não há a oferta de uma determinada linha de produtos, e você já soube que seus clientes podem gostar desse item, teste se a clientela gosta, pois pode ser uma excelente chance de lucrar.

Saber o que o seu público gosta também é vital para a criação de campanhas de divulgação mais eficazes e completas, que realmente serão direcionadas as pessoas certas.

2. Aumentar as receitas

Já ouviu falar em ticket médio? Pode parecer difícil, mas o conceito tem um significado simples.

Ticket médio é o valor médio de vendas feitas a um determinado cliente.

Isto é, quanto maior o ticket médio de um consumidor, significa que mais ele compra no seu estabelecimento, o que gera mais dinheiro para seu caixa.

Portanto, é preciso aplicar táticas de aumento do ticket médio dos seus clientes, de forma que eles comecem a gastar mais do que o costume. Mas como fazer isso?

O segredo é saber valorizar os produtos da loja, mostrando os diferenciais de aquisição.

Além disso, alguns empresários dão um desconto progressivo, onde quanto mais o cliente compra, mais terá um desconto no total dos pedidos.

Também é possível dar frete grátis a partir de um determinado valor total das compras.

Igualmente, pode-se ser usado um combo de produtos, no qual o consumidor leva alguns itens em conjunto pagando menos por eles do que se os adquirisse individualmente..

Em ambos os casos, só tome cuidado para não extrapolar nos descontos e no fim gerar um prejuízo financeiro.

Planeje com cautela para ter um resultado satisfatório.

3. Planejar estratégias de fidelização

Conquistar novos clientes é sempre muito importante, mas manter os atuais tem relevância no momento de garantir um fluxo de caixa constante.

Afinal, vender novamente para uma mesma pessoa é mais econômico que ir à procura de novos consumidores para comprar no seu empreendimento.

Logo, é necessário fidelizar essa clientela, oferecendo um bom atendimento em todas as fases da venda.

Do mesmo modo, é preciso inseri-los em programas de descontos e vantagens personalizadas (como clube de descontos, programas de fidelidade etc.).

Planejar estratégias de fidelização é de extremo valor não só para aumentar a lucratividade da sua empresa, mas também para evitar gastos com marketing.

Sem contar que, ao ter uma experiência no seu negócio, esses clientes fiéis irão fazer uma propaganda gratuita dele, indicando-o para familiares e amigos.

4. Revisar os preços dos seus produtos/serviços

Se você coloca o preço dos seus produtos/serviços com base em achismos, saiba que essa atitude pode prejudicar não só o valor da peça, assim como a decisão de compra do cliente.

Aqui vai um alerta. Vejamos duas situações distintas.

Deixar um produto barato demais pode fazer com que a lucratividade seja perdida. Por outro lado, colocar um valor acima da média pode espantar a clientela e encalhar as peças.

Portanto, é necessário muito jogo de cintura na hora de precificar uma mercadoria, daí a importância de revisar os preços dos seus produtos (ou serviços).

Separamos algumas recomendações.

Primeiro, nunca deixe de considerar o custo envolvido na produção e comercialização dos produtos.

Depois, analise também a margem de distribuição, que é quanto aquela peça vai cobrir de despesas e custos e ainda gerar lucro.

Por fim, verifique se a empresa está atingindo o faturamento mínimo mensal, ou seja, aquela quantia que é necessária para conseguir pagar as dívidas e começar a lucrar.

5. Controlar despesas do negócio

Uma empresa que trabalha com uma produção sem desperdícios evita que gastos excessivos aconteçam, trazendo assim novas oportunidades de mercado.

Via de regra, se você está em dúvida sobre qual item é realmente necessário e qual pode ser cortado, reflita:

Essa matéria-prima, item ou serviço extra realmente vai melhorar a qualidade do meu produto?

Sem ele/a eu posso perder clientes e consequentemente ter menos lucro?

Avaliar as respostas dessas perguntas e separar o que não vai fazer falta é um bom começo no momento de controlar as despesas.

Outro fator primordial é estudar o departamento financeiro, já que ele informa todos os gastos, receitas, custos e despesas, revelando itens que podem ser economizados ou mesmo eliminados.

Cuide também para não ter custos extras, como multas por atrasos no pagamento de tributos.

Procure pagar as contas no prazo e, se possível, pague aquelas que oferecem descontos antes do vencimento original.

6. Diminuir gastos desnecessários

Uma maneira de diminuir custos desnecessários é ter uma visão estratégica dos contratos de prestação de serviços, como por exemplo, a aquisição de insumos com fornecedores.

Assim, o empreendedor conhece a fundo as entrelinhas das relações comerciais firmadas no contrato de serviço.

Isso possibilita negociar melhores opções de pagamento, descontos e prevenir o pagamento de taxas abusivas que poderiam passar despercebidas.

Ter um controle do estoque também é imprescindível, porque além de não deixar o seu cliente na mão, isso evita que você adquira uma carga de itens maior que o necessário, que podem perder a validade e causarem prejuízo.

7. Apostar em estratégias de marketing

Uma vez que são os clientes que aumentam a lucratividade de uma empresa, é neles que as campanhas de marketing devem focar.

Afinal, um estabelecimento que não atrai novos consumidores permanece onde está, colocando em xeque seu faturamento e tendo a chance de ter sua expansão comprometida.

Assim, procure entender qual a melhor ação de marketing de acordo com os gostos do seu público e o que os produtos podem oferecer de melhor a eles.

Em alguns casos, a distribuição de panfletos pode ser uma boa estratégia, enquanto em outros exemplos, o anúncio através de encartes nas redes sociais pode surtir um efeito bastante positivo.

Nesse sentido, algumas técnicas bem proveitosas, como marcar presença na internet e enviar ofertas exclusivas e personalizadas para cada cliente.

No geral, não há uma receita pronta. O ideal, portanto, é entender as características do seu público consumidor e oferecer a eles as melhores oportunidades de negócio.

Conclusão


Muito bem. Esperamos que você saiba aproveitar esse conteúdo, no qual nós trouxemos algumas dicas de como aumentar a lucratividade da sua empresa.

Com certeza, com os passos que mencionamos você tem ótimas chances de deslanchar seu negócio no mercado e alcançar uma maior perspectiva de lucros.

Continue no blog e veja como aumentar vendas em empresas de serviços.

Boa leitura e até a próxima!

Leia em nosso blog

Como fazer DRE - Passo a passo do zero

Você vai aprender neste artigo em apenas 06 passos como fazer um DRE DO ZERO para reduzir despesas e aumentar os lucros da sua empresa!

Como fazer fluxo de caixa

O fluxo de caixa é uma ferramenta que mostra equilíbrio financeiro da empresa. Aprenda como ter capital de giro suficiente para aumentar o lucro do seu negócio!

Como fazer fechamento de caixa

Fechamento de caixa é o processo de confrontar os registros de movimentações do caixa com a movimentação física. Aprenda como evitar que ocorra furtos!

Como reduzir custos na empresa

Reduzir custos é parte crucial para aumentar os lucros da sua empresa. Aprenda os tipos de custos e várias ideias incríveis para reduzi-las!

Operador de caixa

Saiba TUDO o que você precisa para se tornar um excelente operador de caixa! As atividades, as principais habilidades necessárias e a rotina desta função.

Contas a pagar e receber

Entenda de forma simples tudo o que você precisa saber sobre as contas a pagar e receber e ainda receba um BÔNUS EXCLUSIVO GRÁTIS para te ajudar!

Planejamento financeiro empresarial

O planejamento financeiro empresarial vai te ajudar a se preparar para o futuro. E neste artigo você vai aprender TUDO para realizar esse processo corretamente.

Capital de giro para empresas

O capital de giro para empresas é SUPER importante para ter uma saúde financeira saudável. Saiba, entenda, administre e corra menos riscos em seu negócio.

Controle financeiro empresarial

Controlar o financeiro da sua empresa não é mole, mas a gente vai te ensinar como fazer isso do zero passo-a-passo!

Como tirar a empresa do vermelho

Aprenda neste artigo estratégias rápidas e eficientes para reduzir despesas, aumentar as vendas e aumentar os lucros que vão tirar a sua empresa do vermelho.

Planilha de Gastos Empresarial

Tenha o controle dos seus gastos empresariais e todos os dados na mão para tomar boas decisões com esta planilha!

A falta de controle financeiro está travando o crescimento da sua empresa

O controle financeiro, também conhecido como gestão financeira, usando um termo mais genérico, é o divisor de águas quando falamos em crescimento de empresas. Afinal, é o cuidado com o fluxo de dinheiro que permite poupar e investir, ao passo que se conhece os custos da operação.

Planejamento estratégico: Como funciona e qual sua importância

O planejamento estratégico é uma técnica bastante utilizada pelas empresas, sobretudo aquelas que se vêem estagnadas, com a impressão de que nenhuma ação impacta no crescimento do negócio. Ele funciona para qualquer segmento e para empresas de todos os portes.

Dicas de como aumentar a lucratividade da sua empresa

Está à procura de dicas de como aumentar a lucratividade da sua empresa? Então você chegou ao lugar certo.

Receba conteúdo épico no seu e-mail

Diretamente no nosso QG pra você. Só os melhores conteúdos.

Obrigado! Você está inscrito em nossa lista.